Bíblia Sagrada

ESDRAS, capítulo 1


No primeiro ano de Ciro, rei da Persia, para que se cumprisse a palavra do Senhor proferida pela boca de Jeremias, despertou o Senhor o espirito de Ciro, rei da Persia, de modo que ele fez proclamar por todo o seu reino, de viva voz e tambem por escrito, (1)
Assim diz Ciro, rei da Persia: O Senhor Deus do ceu me deu todos os reinos da terra, e me encarregou de lhe edificar uma casa em Jerusalem, que e em Juda. (2)
Quem ha entre vos de todo o seu povo (seja seu Deus com ele) suba para Jerusalem, que e em Juda, e edifique a casa do Senhor, Deus de Israel; ele e o Deus que habita em Jerusalem. (3)
E todo remanescente, seja qual for o lugar em que e peregrino, seja ajudado pelos homens desse lugar com prata, com ouro, com bens e com animais, afora a oferta voluntaria para a casa de Deus, que esta em Jerusalem. (4)
Entao se levantaram os chefes das casas paternas de Juda e Benjamim e os sacerdotes, e os levitas, todos aqueles cujo espirito Deus despertara, para subirem a edificar a casa do Senhor, que esta em Jerusalem. (5)
E todos os seus vizinhos os ajudaram com utensilios de prata, com ouro, com bens, com animais e com coisas preciosas, afora tudo o que se ofereceu voluntariamente. (6)
Tambem o rei Ciro tirou os utensilios que pertenciam a casa do Senhor e que Nabucodonozor tinha trazido de Jerusalem e posto na casa de seus deuses. (7)
Ciro, rei da Persia, tirou-os pela mao de Mitredate, o tesoureiro, que os entregou contados a Sesbazar, principe de Juda. (8)
Este e o numero deles: Trinta bacias de ouro, mil bacias de prata, vinte e nove incensarios, (9)
trinta tacas de ouro, quatrocentas e dez tacas de prata e mil outros utensilios. (10)
Todos os utensilios de ouro e de prata foram cinco mil e quatrocentos; todos estes levou Sesbazar, quando os do cativeiro foram conduzidos de Babilonia para Jerusalem. (11)